Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2015

Meganhas queriam mesmo era os 100 contos de reis que Lampião carregava na cinta

Virgulino Ferreira, o Lampião - Herói Brasileiro?


por ALima

O cearense Leonardo Mota, obstinado pesquisador do folclore nordestino, produziu livros interessantes, dentre os quais eu destacaria "Sertão Alegre", "Violeiros do Norte", "Cantadores" e "No Tempo de Lampião".

Nesse último, o autor envereda pelo relato caboclo das estrepolias do temido "bandoleiro", cujas façanhas também estão retratadas em inúmeras outras obras de diversos escribas, inclusive estrangeiros.

Curioso, contudo, na narrativa de Leota (pseudônimo pelo qual o escritor era mais conhecido) é que, mesmo tendo ele vivenciado período riquíssimo da nossa História e sido contemporâneo do famoso cangaceiro, assim como de outras figuras importantes como Padre Cícero, Luís Carlos Prestes, Floro Bartolomeu etc, não tenha ele próprio, Leonardo, emitido o seu parecer referente ao contexto social em que habitavam todas essas fascinantes criaturas, traçando para nós poste…

Fase de Ouro da Cultura Cearense - Homens e Livros

Por ALima
A inteligência do cearense é reconhecida e respeitada no mundo todo, em diferentes áreas do conhecimento humano, sobretudo nas ciências jurídicas, artes e filosofia. 
Da mesma forma como notória também é a saga do nosso sertanejo, secularmente refém de desalmados que sempre recolheram dividendos na desgraça alheia. 
Não quero, porém, tratar de infortúnios. Minha análise refere-se apenas aos movimentos literários que tiveram curso em Fortaleza a partir da segunda metade do século XIX, assim como falar de livros e escritores que elevaram o nome de nosso Estado, sem esquecer aqueles que foram sempre discriminados pelas castas que povoaram e povoam os grêmios e academias. 
Até a criação do Liceu, em 1845, que marca efetivamente o começo da evolução cultural do Ceará, nenhuma de nossas cabeças pensantes havia adquerido ainda qualquer visibilidade literária, fosse na prosa ou na poesia. 
Os rapazes bem nascidos debandavam todos para Olinda, em busca do canudo, muitos dos quais gan…

A idiotia cavalga solta

Estaríamos chegando ao clímax da imbecilidade

por ALima
A idiotia tem avançado perigosamente no mundo todo nesses últimos tempos, numa forte projeção do que seremos nós, humanoides, muito em breve: uma gigantesca sociedade de energúmenos fundamentais, totalmente globalizada e pronta para absorção dos inventos tecnológicos inúteis ou não.

A morte definitiva das artes, do pensamento mais lúcido e da solidariedade entre os indivíduos.

Ficaremos todos subordinados a um só mandatário - justo aquele que detiver as melhores armas, o controle total da mídia e do cartão de crédito.

Qualquer nacionalista sonhador será eliminado de modo sumário, até para que não prospere em nenhuma cabeça o sentido de pátria, dignidade ou coisa que o valha.

Países amplamente povoados e de pouco poder consumista serão varridos de mapa, se não por cataclismos naturais, por meio de algum poderoso artefato concebido pelo senhor de nós todos.

O tão sonhado controle demográfico, a profilaxia da alma e assepsia do plane…

Pelo Resgate do Ceará Moleque

Por ALima

Não se assuste quando você vir um autêntico cearense, aparentemente raivoso, descendo a lenha nas coisas do seu estado. Tudo da boca para fora, porque em temos de "bairrista", ninguém mais que o cabeça-chata. Talvez só percamos para os baianos, e assim mesmo tenho cá as minhas dúvidas.
Acontece é que os verdadeiros amantes desta terra, sobretudo nós que residimos em Fortaleza, estamos nos sentindo estupidamente traídos por aqueles que arvoraram para si o direito de ditarem todos os nossos rumos, seja nos esportes, nas artes, na política, na nossa qualidade de vida, enfim, na nossa cultura de um modo geral. 
Um conterrâneo nosso que tivesse se ausentado daqui na década de oitenta, por exemplo, e que para cá retornasse só agora, por certo tomaria o maior susto com a padronização dos nossos "gostos", da nossa maneira de ser, que ficaram idênticas a dos outros povos que habitam os demais estados da federação. 
Constataria de imediato que deixamos de ser genu…