17/03/15

Precisamos Combater os Traidores que Querem Desgraçar o Nosso País


Dilma é uma mulher honrada e nunca compactuou com corrupção, que existe em nosso país desde a sua fundação e que ela está tentando combater, lutando contra tudo e contra todos.
Pela primeira vez em 500 anos estamos vendo figurões na cadeia. A proposta de acabar com financiamento empresarial das campanhas, onde reside o núcleo da corrupção, está parada há quase um ano no Supremo porque um Ministro pediu vistas do processo, mesmo a sua votação já estando em 6 X 1.
A popularidade da Presidenta Dilma estava acima de 70%, até que ela ousou participar do banco da BRICS, uma alternativa ao Banco Mundial, pôs em ação o Pré-Sal e compareceu a ONU para denunciar suposta espionagem. Pronto, imediatamente os traidores da pátria alocados na mídia corrupta começaram a sórdida campanha contra o seu Governo, fazendo a cabeça dos tolos e fornecendo munição à escória da sociedade brasileira: os torturadores, entreguistas, sonegadores, traficantes, políticos ladrões, grandes corruptores e tudo que não presta. Crápulas que induzem as pessoas de bem, os inocentes úteis, querendo obter força para derrubar um Governo legítimo, eleito pela sociedade brasileira e empossado dentro da Lei.
A corrupção é um cancro que precisa ser extirpado, com ajuda de todos os brasileiros, sobretudo do Congresso Nacional e do Poder Judiciário. O Presidente da República tenta fazer a sua parte enviando projetos para serem votados e aprovados, porém muitas vezes são engavetados.
Devemos ajudar o Governo Dilma a debelar esse grande mal, a meter na cadeia os grandes facínoras, e proteger o nosso país contra a especulação, tanto interna quanto externa.
Pensem nisso!
A quem interessa desestabilizar politicamente o gigante Brasil?
Quem lucraria com o derramamento de sangue dos nossos irmãos?
Somos um povo bom, ordeiro, temos grandes riquezas naturais e estamos tentando construir uma das mais sólidas democracias do planeta. Este Governo tirou milhões de brasileiros da miséria! Possibilitou que outros milhões adentrassem às Universidades. Construiu milhões de casas populares. Estabeleceu que 10% de toda a riqueza oriunda do Pré-Sala seja destinada à educação, e é o que mais combate a fome no mundo. Você acha pouco?
Que outro país em todo o planeta conseguiu pelo menos 5% de tudo que conseguimos, mesmo diante dessa enorme crise internacional???
A troco de que jogaríamos tudo isso fora?!
Sem democracia não há paz nem justiça social.
Pensem nisso, e que Deus nos abençoe!

------------------------------
Literatura Brasileira Contemporânea. Poesia e Contos.

08/03/15

O Essencial na Música popular Brasileira (Tradicional)


Bandas e artistas mais relevantes da MPB tradicional.

Literatura Brasileira Contemporânea. Poesia e Contos.

06/03/15

O Essencial na Música Popular Brasileira - Bossa-Nova

Artistas mais representativos da Bossa Nova, Samba e outros ritmos da MPB. Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Chico Buarque, Edu Lobo, João Gilberto, Caetano Veloso, Dick Farney, Lúcio Alves, Martinho da Vila, Alcione, Beth Carvalho, Elizeth Cardoso, Claudete Soares e dezenas de outros grandes astros da música no Brasil.

Literatura Brasileira Contemporânea. Poesia e Contos.

O Essencial na Música Popular Brasileira - Jovem-Guarda

Os nomes mais representativos do Movimento Musical que marcou época no Brasil: a Jovem Guarda.

Literatura Brasileira Contemporânea. Poesia e Contos.

O Essencial na Música Popular Brasileira - Velha-Guarda

Os artistas mais representativos da Velha Guarda da Música Popular Brasileira e seus maiores sucessos, reunidos em uma só playlist, para facilitar sua pesquisa:
Vicente Celestino, Francisco Alves, Orlando Silva, Nelson Gonçalves, Noel Rosa, Pixinguinha, Sinhô, Roberto Silva, Mário Reis, Ataulfo Alves, Dilermando Reis, Dalva de Oliveira, Ângela Maria, Garoto, Carlos Galhardo, Altamiro Carrilho, Odete Amaral, Aracy de Almeida, Jorge Veiga, Edith Veiga, Jacob do Bandolim, Abel Ferreira, Clementina de Jesus, Augusto Calheiros, Chiquinha Gonzaga, Ademilde Fonseca, Ismael Silva, Carmen Miranda, Aurora Miranda, Paraguaçu, Ivon Cury, Cauby Peixoto, Geraldo Pereira, Adoniran Barbosa, Demônios da Garoa, Nuno Roland, Blecaute, Jorge Goulart, Joel de Almeida, Zé Keti, Nora Ney, Dircinha Batista, Linda Batista, Emilinha Borba, Marlene, Roberto Inglez, Wilson Batista, Waldir Azevedo, Ciro Monteiro, Izaura Garcia Adelaide Chiozo, Alcides Gerardi, Gilberto Milfont, Sílvio Caldas e muitos mais.

Literatura Brasileira Contemporânea. Poesia e Contos.